Publicações · Destaque

Jovem agricultor mais inovador da Europa é português

http://boasnoticias.pt/noticias_Jovem-agricultor-mais-inovador-da-Europa-%C3%A9-portugu%C3%AAs_24715.html

SER EMPREENDEDOR NA FRUTICULTURA: Desafios e oportunidades em Portugal

Com uma elevada probabilidade de acertar, posso afirmar que nos próximos anos vão ser criadas muitas oportunidades no setor da fruticultura em Portugal. De facto, as oportunidades tendem a aparecer quando o contexto que nos rodeia muda, criando problemas, que por sua vez vão dar origem a oportunidades. Aliás, é costume dizer-se que quanto maior forem os problemas, maior serão as oportunidades! Como não vão faltar problemas nos próximos anos, também não vão faltar oportunidades. Mas em concreto o que vai mudar, afetando o setor da fruta? Em primeiro lugar, a demografia. Além do aumento da população mundial, acompanhado por uma urbanização crescente e pelo aumento do nível médio de vida, há alterações que vão afetar de forma particular o setor da fruta, como o envelhecimento da população na Europa. Note-se que a maior parte destas alterações demográficas (umas mais regionais que outras) podem ser estimadas com alguma fiabilidade, por isso vale a pena analisar como podem ser geradas oportunidades a partir daqui. Leia todo o artigo em: http://centrofrutologiacompal.pt/2016/03/14/ser-empreendedor-na-fruticultura-desafios-e-oportunidades-em-portugal/

Ministério nomeia representante nacional para Grupo Estratégico Europeu SCAR - AKIS

LUÍS MIRA DA SILVA, Professor do Instituto Superior de Agronomia / Universidade de Lisboa e Presidente da INOVISA, foi recentemente nomeado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior como Representante Nacional no subgrupo estratégico Agricultural Knowledge and Innovation Systems (AKIS) do Standing Committee on Agricultural Research (SCAR) da Comissão Europeia. Com 37 países envolvidos, o SCAR é composto por representantes de Ministérios, ou de outras estruturas como Conselhos de Investigação, de todos os Estados-Membros da União Europeia, assim como de países candidatos e associados. Este Comité tem como objetivo orientar os programas europeus de apoio à investigação e à inovação no sector agrícola europeu, assumindo também um papel orientador a nível nacional. A estrutura operacional do SCAR baseia-se em grupos temáticos, sendo o SCAR-AKIS um subgrupo estratégico, de atuação permanente, com enfoque em recomendações para políticas de apoio ao conhecimento e à inovação dos sistemas agrícolas. Mais informação em: http://ec.europa.eu/research/scar/index.cfm #SCARAKIS

Guia Prático do Empreendedor Agrícola - Disponível para consulta

Já está disponível para consulta! Desenvolvido pela MBIA, o Guia Prático do Empreendedor Agrícola é o produto de um trabalho conjunto com a Inovisa e pode ser visto em www.mbia.pt/guia-pratico-do-empreendedor-agricola/

Serviços Rede INOVAR para Grupos Operacionais

Está a preparar um Grupo Operacional e ainda não pensou na componente de Demonstração e Divulgação? Gostaria de reforçar a comunicação digital e a presença nas redes sociais? Quer estar presente nos principais eventos nacionais e internacionais do sector para promover a inovação do seu Grupo Operacional? Saiba tudo no catálogo de serviços de demonstração, disseminação e valorização de conhecimento da Rede INOVAR. A Rede INOVAR vai prestar apoio a projetos de I&D&I, nomeadamente a Grupos Operacionais, na área da divulgação e disseminação de conhecimento. Estes serviços serão desempenhados pela INOVISA em colaboração com outras entidades da rede. A medida de apoio aos Grupos Operacionais deverá abrir nos próximos dias e prevê-se que a submissão de candidaturas termine já em outubro de 2016. Os serviços da Rede INOVAR garantem planos de demonstração, divulgação e valorização do conhecimento de acordo com o solicitado no regulamento, contemplando alguns pontos que são por vezes negligenciados nas candidaturas. A INOVISA, enquanto coordenadora da Rede INOVAR, encontra-se disponível para reunir com potenciais promotores dos Grupos Operacionais. Contacto: info@redeinovar.pt / geral@inovisa.pt / 213 632 495 #GRUPOSOPERACIONAIS

Catálogo SKAN Projetos e Tecnologias – Agricultura, Agroindústria, Indústria Alimentar, Floresta e Recursos Naturais – Portugal

A realização do presente catálogo, a cargo da equipa operacional da Plataforma SKAN, teve como objetivo reunir e sistematizar informação sobre projetos e tecnologias que contaram com a participação de entidades portuguesas do sistema científico e tecnológico e promover a sua disseminação pelo tecido empresarial nacional, ao nível do sector agrícola, alimentar e florestal, no sentido de melhorar a competitividade internacional das empresas nacionais. O processo de levantamento e seleção dos projetos e tecnologias foi realizado com base nos seguintes critérios: Participação de pelo menos uma entidade portuguesa do sistema científico e tecnológico na equipa do projeto ou da tecnologia; Grau de inovação; Potencial de aplicação comercial, com especial enfoque nas áreas geográficas de atuação da Plataforma SKAN, principalmente África e América Latina. Apesar do levantamento e seleção dos projetos e tecnologias não ter sido realizado de forma exaustiva, é objetivo da Plataforma SKAN atualizar e alargar a informação contida neste catálogo a outras áreas sempre que oportuno e, dessa forma, continuar a promover a partilha de conhecimento e tecnologia com vista ao desenvolvimento do sector agrícola, alimentar e florestal a nível internacional. keywords: catálogos skan; catálogos SKAN I+DT e de projetos e tecnologias; catálogos; catalogos skan; catalogo skan

Catálogo SKAN I+DT - Agricultura; Agroindústria; Indústria Alimentar; Floresta e Recursos Naturais

A realização deste catálogo esteve a cargo da equipa operacional da Plataforma SKAN e teve como objetivo reunir, sistematizar e disseminar informação sobre competências e serviços de investigação e desenvolvimento tecnológico (I&DT) dos grupos pertencentes a Entidades do Sistema Científico e Tecnológico (ESCTs) de Portugal com atuação no sector agrícola, alimentar e florestal. Esta informação é de extrema relevância para dar a conhecer não só ao tecido empresarial, mas também ao meio científico nacional e internacional, o que de melhor se desenvolve em termos de I&DT em Portugal, contribuindo para o fortalecimento da ligação entre investigadores e empresas e o desenvolvimento de novas parcerias, projetos e iniciativas em consórcio. É objetivo da Plataforma SKAN atualizar e alargar a informação contida neste catálogo a outros grupos de investigação sempre que oportuno e, dessa forma, continuar a promover a partilha de conhecimento e tecnologia com vista ao desenvolvimento do sector agrícola, alimentar e florestal a nível internacional. keywords: catálogos skan; catálogos SKAN I+DT e de projetos e tecnologias; catálogos; catalogos skan; catalogo skan

Agenda 2030 on sustainable development: How shall agricultural research and higher education respond?
  21 Abr

As in the past AGRINATURA has taken this opportunity and organizes an international workshop to bring together people, institutions, policies and initiatives influencing the future of agriculture in developing countries. The theme of the workshop is “Agenda 2030 on sustainable development: How shall agricultural research and higher education respond?” The workshop will take place on April 21 morning (9 a.m. – 1 p.m.) and registrations are open until April 19th (free, but mandatory). Consult the program in attach. Register here: http://goo.gl/forms/QM4CAQBs7B For more information contact us: +351 912 308 818 (Teresa Vaz - INOVISA) Organization: Agrinatura, ISA-ULisboa e INOVISA #Agenda2030Agri #WorkshopAgrinatura

Manual Técnico de Produção de Trigo de Qualidade em Regadio

https://itunes.apple.com/pt/book/manual-boas-praticas-em-ambiente/id1001647616?l=en&mt=11

Prémios: IChemE Award

Projecto de Investigação da ESB selecionado para os Prémios: IChemE Award

Novo produto de chocolate com azeitona confeitada

Recentemente a Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Beja colaborou com a empresa local Mestre Cacau na elaboração de um produto completamente novo na área da confeitaria: trata-se de azeitonas confeitadas com recheio de gengibre e cobertura de chocolate negro. Este trabalho surgiu em resultado das teses de licenciatura das alunas Inês Silva e Joana Amado, onde foi feita a caracterização físico-química, sensorial e reológica. Este produto já está a ser comercializado e pode ser encontrar um diversas lojas gourmet nas regiões de Lisboa, Braga, Porto.

Video de apresentação da Plataforma SKAN

A plataforma SKAN é uma iniciativa que pretende promover a partilha de conhecimento e tecnologia entre a Europa, África e América Latina nos sectores agrícola, alimentar e florestal.

Comunidades Virtuais de Prática sobre Segurança Alimentar e Nutricional

A Oikos convida todas/os membros da Rede Inovar a participar activamente nas seis Comunidades Virtuais de Prática (CoP), orientadas para a influência de políticas públicas que contribuam para a criação de uma Estratégia Integrada de Segurança Alimentar e Nutricional, em Portugal (http://www.alimentarsinergias.org) Para poder participar numa ou mais das nossas CoP, em primeiro lugar tem de se registar na plataforma através deste Link: https://airesis.it/groups?l=pt-PT Esta plataforma é uma rede social aberta, especializada na promoção da democracia participativa (e-democracia), criada por programadores italianos, e adaptada pelo projecto Integrar para Alimentar (Oikos, Direção Geral da Saúde e Instituto Superior de Agronomia) para a realização das CoP. Depois de estar registado(a), poderá participar nas CoP que pretender de uma das seguintes formas: - Clicar nos links das CoP que se encontram abaixoe registar-se: · Acesso à Alimentação (https://airesis.it/groups/acesso-a-alimentacao?l=pt-PT) · Sistemas Alimentares Locais e Circuitos Curtos (https://airesis.it/groups/sistemas-alimentares-locais-e-circuitos-curtos?l=pt-PT) · Desperdício Alimentar (https://airesis.it/groups/desperdicio-alimentar?l=pt-PT) · Nutrição e Saúde ao Longo do Ciclo de Vida (https://airesis.it/groups/nutricao-e-saude-ao-longo-do-ciclo-de-vida?l=pt-PT) · Qualidade, Normalização e Certificação dos Alimentos (https://airesis.it/groups/qualidade-normalizacao-e-certificacao-dos-alimentos?l=pt-PT) · Sustentabilidade dos Padrões de Produção e Consumo (https://airesis.it/groups/sustentabilidade-dos-padroes-de-producao-e-consumo?l=pt-PT) Depois de estar na Comunidade de Prática pretendida, só tem de pedir para fazer parte do grupo (ver imagem) e esperar que seja aceite (no máximo poderá demorar 24h). Após ser aceite no grupo poderá participar de várias formas: através de criação de propostas; fazer comentários às propostas existentes; participar no Fórum onde serão discutidos assuntos relacionados com o tema da CoP em questão. Para saber mais sobre a participação nas CoP, poderá aceder ao Tutorial que se encontra disponível na página principal de cada CoP. Ficamos a aguardar a vossa participação. João José Fernandes Director Executivo Oikos - Cooperação e Desenvolvimento

Seminário “FOGO OU INCÊNDIO: A FLORESTA SOBREVIVERÁ? O CONHECIMENTO E AS DECISÕES”
  10 Mar

http://www.conferenciafogorural2017.colegiof3.ulisboa.pt/ A problemática do fogo rural em Portugal e o papel que o conhecimento pode desempenhar como pilar na defesa da floresta vão estar em discussão no próximo dia 10 de março, na Reitoria da Universidade de Lisboa, no seminário “FOGO OU INCÊNDIO: A FLORESTA SOBREVIVERÁ? O CONHECIMENTO E AS DECISÕES” organizado pelo Colégio Food, Farming and Forestry (F3) da Universidade de Lisboa e pela AIFF (entidade gestora do cluster da indústria de base florestal). O fogo no espaço rural é entendido como um desafio social que precisa do conhecimento e da ciência para informar políticas públicas e decisões de setores fundamentais da economia. O Colégio F3 da ULisboa dinamiza, assim, um “Centro de Conhecimento do Fogo Rural”, respondendo a um desafio colocado pela AIFF. Nesta rede alargada, de âmbito nacional, a integração do conhecimento é realizada em parceria com todas as entidades onde sabemos residir conhecimento imprescindível para que a resposta à preocupação social produza as soluções de que o país necessita e espera. Este Seminário conta com o Alto Patrocínio e a presença confirmada de Sua Excelência, o Presidente da República e pretende-se que a Floresta e a Ciência sejam colocadas no patamar mais elevado de reconhecimento do seu papel enriquecedor de Portugal.

Jornada FENAREG 2016 | Sustentabilidade Energética do Regadio | 23 Novembro
  23 Nov

A FENAREG irá realizar a Jornada Regadio 2016 sobre o tema da Sustentabilidade Energética do Regadio, que terá lugar no próximo dia 23 de Novembro, em Lisboa, no Myriad Cristal Center. O evento será centrado no enquadramento do regadio ao nível dos consumos e dos preços de eletricidade, na visão dos mercados de energia e nas politicas públicas, quer nacionais, quer europeias e dar orientações sobre os instrumentos financeiros que estão disponíveis para dar resposta às necessidades dos sectores, neste caso, do regadio. Agradecemos confirmação até 19 de Novembro através de Formulário online. Consulte o Programa e informações do evento em www.fenareg.pt.

AgTech FoodTech Summit
  04 Nov

Where Agriculture and Food Intersect with Farmers, Community, Founders, Investors, Technology, and Innovation More information: http://www.agtechfoodtechsummit.org/

VI Congresso Nacional de Rega e Drenagem (CNRD)
  12 Set

VI Congresso Nacional de Rega e Drenagem (CNRD) VII Congresso Ibérico das Ciências do Solo (CICS 2016) https://www.ipbeja.pt/eventos/VIICICS-VICNRD/Paginas/Apresentacao.aspx 13 a 15 de Setembro de 2016 Instituto Politécnico de Beja - Escola Superior Agrária, Beja Apresentação Solos e água: fontes (esgotáveis) de vida e desenvolvimento Após 2015 – Ano Internacional dos Solos, os objetivos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável mantêm bem presente o vínculo entre os recursos solo e água e alguns desses grandes desafios para os próximos 15 anos. Erradicar a fome, assegurar a disponibilidade e a gestão sustentável da água para todos, combater as alterações climáticas, combater a desertificação, restaurar a terra e o solo degradados e lutar pela neutralidade de degradação da terra, são objetivos explícita e fortemente dependentes de uma gestão mais eficiente do solo e da água em cada território, desde o nível local até ao nível global. Com a realização conjunta do VII Congresso Ibérico das Ciências do Solo (CICS 2016) e do VI Congresso Nacional de Rega e Drenagem (CNRD) pretende-se promover abordagens integradas de investigação, gestão e administração dos solos e da água tendo em vista a sustentabilidade dos ecossistemas e dos agro-ecossistemas, bem como a valorização geral do território. A promoção de um uso mais eficiente e sustentável dos solos e da água torna-se uma tarefa estratégica para aumentar a produtividade do uso destes recursos e minimizar o impacto ambiental negativo associado à agricultura. No contexto ibérico de influência mediterrânea, em que se localizam os presentes congressos, pretende-se ainda dar especial atenção aos agro-ecossistemas de regadio. O VI Congresso Nacional de Rega e Drenagem (CNRD) e o VII Congresso Ibérico das Ciências do Solo (CICS 2016 )resultam de uma organização conjunta das seguintes entidades: • Escola Superior Agrária, Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) • Centro Operativo e de Tecnologia de Regadio (COTR) • Sociedade Portuguesa da Ciência do Solo (SPCS) • Sociedad Española de la Ciencia del Suelo (SECS) • Associação Portuguesa de Recursos Hídricos (APRH) • Secção Especializada de Engenharia Rural da Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal (SEER - SCAP) • DGADR - Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural • DRAPAL - Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Alentejo • FENAREG - Federação Nacional de Regantes • Universidade de Évora (UÉvora)

terraDrone – De Portugal a São Tomé e Príncipe

Depois de fechar o ano de 2015 com um projecto piloto para a EDP, onde foram mapeados 90 km de faixas florestais para modelação do risco (ortofotos e carta de ocupação florestal), a terraDrone iniciou o ano com dois projectos de cariz inovador: 320 km de vídeo ao longo de linhas eléctricas, para monitorização da vegetação, e o mapeamento de 1,600 hectares de floresta e agricultura na Ilha do Príncipe, em São Tomé e Príncipe, assim como a cidade de Santo António. Este último projecto, cuja primeira fase foi agora concluída, tem como objectivo apoiar a implementação de sistemas agroflorestais para café, cacau e pimenta, através da criação de um mapa de aptidão agrícola para intervenção sustentável, numa iniciativa da empresa internacional HBD, que optou pelo mapeamento com drones para maior precisão e detalhe dos dados recolhidos. O produto final do projecto será um Sistema de Informação Geográfica para caracterização das concessões no que toca a espécies, proximidade de acessos e brisa marítima, identificação de focos populacionais, entre muitos outros factores de decisão. A terraDrone ficará também encarregue de formar um corpo técnico em SIG, para gestão da informação, e pela compilação de mapas antigos e respectiva conversão, georreferenciação e integração no SIG. Mais informações em info@terradrone.pt

IV Encontro MilkPoint: Terceira e S. Miguel
  02 Mai

Este evento decorrerá nos dias 2 e 3 de Maio na Ilha Terceira e no dia 4 em S. Miguel. As temáticas abordadas serão a Importância do Bem Estar na Exploração Leiteira, o Parasitismo na produção de Leite, PCOL, Controlo de Custos de Produção, entre outros. No final de cada sessão haverá ainda um espaço de debate com os principais intervenientes do setor do leite da Região sobre a evolução dos últimos meses.

Roteiro de Inovação Hortofrutícola
  03 Mar

O COTHN encontra-se a organizar o Roteiro de Inovação, que irá ter lugar na Exposalão na Batalha nos próximos dia 3 a 6 de Março, integrado na Frutitec/hortitec. No dia 3 de Março, pelas 10.00 horas, no auditório da Exposalão terá lugar um pequeno seminário denominado ”Inovação Hortofrutícola”, que conta desde já com a presença de um representante do PDR2020 e no qual será apresentados alguns dos projectos, no quais o COTHN foi parceiro. Durante os dias de feira, no stand do COTHN estará patente uma exposição denominada “Roteiro Hortofrutícola”, no qual estarão expostos 13 projectos dinamizados no antigo quadro comunitários do ProDer, na medida da Cooperação para a Inovação. A entrada para o seminários é gratuita, mas sujeita inscrição para (carmo@cothn.pt)