Publicações · Recentes

Novo Doutoramento da Universidade de Lisboa que confere o grau em Ciências da Sustentabilidade: REcursos, Alimentação e SOciedade (REASOn)

Convidamos a conhecer o Novo Doutoramento da Universidade de Lisboa que confere o grau em Ciências da Sustentabilidade: REcursos, Alimentação e SOciedade (REASOn). https://csustentabilidade.ulisboa.pt/ Este Doutoramento foca-se na dimensão da produção e consumo de alimentos como vetor central dos desafios que se colocam à sustentabilidade, reconhecendo que a compreensão dos sistemas alimentares e a atuação sobre o sistema alimentar global são instrumentos fundamentais para o desenvolvimento sustentável e exigem investigação sobre as interações entre a ecologia e a socio-economia. Para serem catalisadores de mudança, os profissionais do século XXI devem ser dotados de conhecimento científico sólido e, principalmente, ter capacidade de o incorporar para compreender as interações entre sistemas globais, naturais, sociais e humanos, e como essas interações afetam os desafios da sustentabilidade. O Doutoramento foi concebido no âmbito do Colégio Food, Farming and Forestry (F3), mobilizando um corpo docente que inclui 42 professores de 17 das Faculdades e Institutos da Universidade de Lisboa que garante a necessária inovação e interdisciplinaridade. Tem como destinatários profissionais de sucesso e os melhores estudantes que procuram transformar conhecimento em resultados e inovação, com formação académica em qualquer área do conhecimento. Permite o desenvolvimento de tese em ambiente universitário, em ambiente empresarial/indústria, ou – numa tipologia inovadora em relação à oferta tradicional dos cursos de 3.º ciclo – em contexto profissional de trabalho. Este último modelo oferece a possibilidade de realização de uma tese aplicada a uma questão científica relevante para o exercício da atividade profissional quotidiana do doutorando, e que pode ser desenvolvida com ou na própria organização empregadora, para explorar a translação de duplo sentido entre prática e ciência.

Encontram-se abertas as candidaturas ao novo e inovador Doutoramento da Universidade de Lisboa que confere o grau em Ciências da Sustentabilidade: REcursos, Alimentação e SOciedade (REASOn).
  18 Mai

Convidamos a conhecer o Novo Doutoramento da Universidade de Lisboa que confere o grau em Ciências da Sustentabilidade: REcursos, Alimentação e SOciedade (REASOn). Este Doutoramento foca-se na dimensão da produção e consumo de alimentos como vetor central dos desafios que se colocam à sustentabilidade, reconhecendo que a compreensão dos sistemas alimentares e a atuação sobre o sistema alimentar global são instrumentos fundamentais para o desenvolvimento sustentável e exigem investigação sobre as interações entre a ecologia e a socio-economia. Para serem catalisadores de mudança, os profissionais do século XXI devem ser dotados de conhecimento científico sólido e, principalmente, ter capacidade de o incorporar para compreender as interações entre sistemas globais, naturais, sociais e humanos, e como essas interações afetam os desafios da sustentabilidade. O Doutoramento foi concebido no âmbito do Colégio Food, Farming and Forestry (F3), mobilizando um corpo docente que inclui 42 professores de 17 das Faculdades e Institutos da Universidade de Lisboa que garante a necessária inovação e interdisciplinaridade. Tem como destinatários profissionais de sucesso e os melhores estudantes que procuram transformar conhecimento em resultados e inovação, com formação académica em qualquer área do conhecimento. Permite o desenvolvimento de tese em ambiente universitário, em ambiente empresarial/indústria, ou – numa tipologia inovadora em relação à oferta tradicional dos cursos de 3.º ciclo – em contexto profissional de trabalho. Este último modelo oferece a possibilidade de realização de uma tese aplicada a uma questão científica relevante para o exercício da atividade profissional quotidiana do doutorando, e que pode ser desenvolvida com ou na própria organização empregadora, para explorar a translação de duplo sentido entre prática e ciência.

Seminário Anual da Fileira da Cortiça
  05 Jun

A UNAC - União da Floresta Mediterrânica vai realizar, no próximo dia 5 de Junho na Feira Nacional de Agricultura, na sala Scalabis, o Seminário Anual da Fileira da Cortiça". O Seminário Anual da Fileira da Cortiça pretende fazer o balanço da campanha de 2017, analisar e debater as dinâmicas de comercialização, os preços, etc., as perspetivas para 2018 e a evolução e tendências das rolhas de cortiça. Serão também apresentados os Grupos Operacionais do Sobreiro e da Cortiça e, na perspetiva do sobreiro e da cortiça, a Agenda de I&I sobre Agroalimentar, Florestas e Biodiversidade que se desenvolve em torno de três dimensões de reflexão no sentido de chegar a desafios e linhas de investigação e de inovação relevantes para o país numa perspetiva de médio e longo prazo (2030). Conceição Santos Silva (UNAC), Helena Pereira (FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia), Nuno Calado (UNAC) e João Rui Ferreira (APCOR - Associação Portuguesa da Cortiça) são os oradores confirmados para este seminário. Veja em anexo o programa detalhado. As inscrições são gratuitas (mas não dispensam a aquisição de ingresso na FNA no local) e serão aceites pela ordem de receção, até à capacidade da sala. Mais informações em 217100014.

Uma visão regenerativa para a gestão integrada da Floresta e Agricultura
  24 Abr

The conference begins the recent partnership between UTAD and The Natural Step Portugal - Association for Sustainable Development (TNS). TNS is a Swedish NGO source that applies for almost 30 years the A framework for strategic sustainable development , based on scientific principles upon which means full sustainability (environmental and social) and how to achieve. Strongly linked to Swedish and international academia, the partnership with TNS UTAD comes to extend this network of research and training to Portugal. Understanding the importance of adding other entities and experts with systems thinking sustainability, TNS and UTAD invited to this conference to reforest Portugal and your partner Symbiosis Agroforestry, which are to carry out a tour of practical training in various areas of Portugal . The aim of this lecture a relevant synthesis for a heterogeneous public, promoting awareness of new approaches able to address important challenges Portugal faces Fonte: https://eventos.utad.pt/evento/integrada-da-floresta-e-agricultura/

AgriResearch Conference - Innovating for the future of farming and rural communities
  02 Mai

A AgriResearch Conference, que se irá realizar nos dias 2 e 3 de maio em Bruxelas, será focada na agricultura e nas atividades de investigação e inovação rurais da UE, agora e no futuro. Os objetivos da conferência são: - Fazer um balanço da implementação da abordagem estratégica da I&I agropecuária da UE e apresentar as suas primeiras conquistas no que toca ao conhecimento produzido, aos vínculos estabelecidos entre as políticas da UE ou a novas oportunidades abertas em termos de abordagens de implementação; - Dar início a um processo participativo para discutir a forma de estruturar as actividades de I&I agrícolas e rurais no âmbito das futuras políticas da UE, em particular o futuro programa-quadro da UE para a investigação e inovação e a futura PAC, identificando questões fundamentais que mereçam especial atenção nas diferentes prioridades estratégicas e explorando formas de maximizar o impacto e as sinergias entre as várias políticas e instrumentos da UE. As inscrições podem ser feitas até 18 de abril. Para mais informações sobre a conferência e programa consultar: https://ec.europa.eu/programmes/horizon2020/en/news/agriresearch-conference-innovating-future-farming-and-rural-communities

A União Europeia lança convite a manifestar interesse para o PRO-GB - Programa para a Resiliência e as Oportunidades Socioeconómicas para a Guiné-Bissau

A Delegação da União Europeia junto da República da Guiné-Bissau lança convite a manifestações de interesse para a seleção de operadores para implementar as quatro seguintes componentes do Programa para a Resiliência e as Oportunidades Socioeconómicas para a Guiné Bissau (ProGB): • ProGB Sociedade Civil (montante total: 8 milhões EUR) • ProGB Serviços de Água e Energia (montante total: 9 milhões EUR) • ProGB Agricultura de Mangal (montante total: 11 milhões EUR) • ProGB Fileira Avícola (montante total: 1,5 milhões EUR) As organizações interessadas deverão consultar o documento de orientação do convite e manifestar o seu interesse através do preenchimento de um formulário que permitirá avaliar a sua capacidade de realizar as tarefas de implementação relacionadas com o ProGB. O prazo para envio das manifestações de interesse é segunda-feira, 14 de Maio de 2018, às 24h00 TMG. Uma sessão pública de informação sobre o convite terá lugar no dia 11 de Abril de 2018, às 9h30, na sala de conferências do Instituto Nacional de Cinema e do Audiovisual (INCA), em Bissau. Toda a informação sobre o convite (incluindo documento de orientação e formulário) pode ser consultada na página web da Delegação: https://eeas.europa.eu/delegations/guinea-bissau/42250/uni%C3%A3o-europeia-lan%C3%A7a-convite-manifestar-interesse-para-o-pro-gb-programa-para-resili%C3%AAncia-e_pt

6º Concurso Nacional - Prémios melhores jovens agricultores

A Confederação dos Agricultores de Portugal, com o patrocínio da Bayer e o apoio da CONSULAI, organizam pela 6ª vez os prémios para os melhores Jovens Agricultores de Portugal. Estes prémios visam projetos apresentados e realizados por jovens agricultores, com o intuito de divulgar o trabalho desenvolvido em prol das zonas rurais e dar a conhecer ao público em geral as iniciativas inovadoras e bem sucedidas no setor agrícola, segundo critérios de inovação, sustentabilidade e orientação para o Mercado. O regulamento do Concurso pode ser consultado aqui: http://www.cap.pt/0_users/file/Servicos/Concurso_Melhores_Jovens_Agricultores/2018/REGULAMENTO_Concurso_2018.pdf As candidaturas devem ser realizadas usando o seguinte formulário de inscrição (http://www.cap.pt/0_users/file/Servicos/Concurso_Melhores_Jovens_Agricultores/2018/Formulario2018-.pdf), devendo ser enviadas até às 17h00 do dia 29 de maio de 2018, para o email premiosjovemagricultor2018@cap.pt, ou por correio para o Departamento do Associativismo, Rua Mestre de Lima Freitas nº1, 1549-012 Lisboa. Fonte: Consulai

Dia Aberto no Instituto Superior de Agronomia

O Instituto Superior de Agronomia vai abrir as suas portas no próximo dia 18 de Abril, através da realização de um Dia Aberto dirigido aos estudantes do ensino secundário (10º, 11º e 12º ano), nomeadamente, alunos pré-universitários. Os participantes poderão escolher o período da manhã ou o período da tarde e para além de poderem selecionar as suas atividades preferidas, terão ainda a possibilidade de fazer uma visita ao campus da Tapada da Ajuda. Informações e inscrições em: http://www.isa.ulisboa.pt/vida-no-isa/destaques/eventos-internos/20180418-dia-aberto-2018

Food & Nutrition Awards - Candidaturas abertas!

Conheça como pode participar no FNA: processo de candidatura, inscrição e regulamento. Na 9ª edição do Food & Nutrition Awards, poderá candidatar-se às seguintes categorias: - Produto Inovação - Investigação & Desenvolvimento - Educação Alimentar - Sustentabilidade Alimentar - Indústria 4.0 Candidaturas abertas até 31 de Maio de 2018. Saiba mais em: http://foodandnutritionawards.pt/

Fluxo de produtos Agroalimentares aumenta entre Portugal e Guiné-Bissau

Os dados preliminares de uma análise ao comércio externo, realizada pelo Gabinete de Estratégia e Estudos do Ministério da Economia português, indicam que Portugal aumentou a importação de produtos agroalimentares da Guiné-Bissau em 2017. Nos últimos anos, o grupo de produtos importados à Guiné-Bissau com maior peso tem sido o dos minérios e metais. «As importações de produtos agrícolas incidiram principalmente na castanha de caju, seguida de sucos e extratos vegetais. Os minérios reportam-se essencialmente a desperdícios e resíduos de ferro», salienta o estudo. O aumento total das importações de produtos agroalimentares chegou a ser, no período entre Janeiro e Novembro do ano transato, de 84,6%, o que é significativo especialmente se for tido em conta que o total de importações cresceu em apenas 10,8% relativamente a 2016. As exportações de Portugal para a Guiné-Bissau também aumentaram 14,8% em 2017: gasóleo, gasolina e 'jet-fuel' foram os produtos mais exportados neste sentido, sendo o grupo “agroalimentar” o segundo com maiores exportações. Destaque para «a cerveja, vinho e outras bebidas alcoólicas, leite e laticínios, gorduras e óleos, carnes, preparados à base de cereais e de frutos e produtos hortícolas». O documento foi elaborado com base em dados estatísticos do Instituto Nacional de Estatística de Portugal. Fonte: http://www.agronegocios.eu/noticias/portugal-aumentou-importacao-de-produtos-agroalimentares-da-guine-bissau/

Rede Rural Nacional lança site de dedicado à Inovação para a Agricultura

A Rede Rural Nacional (RRN) lançou uma página de Internet dedicada à “Inovação para a Agricultura”, com o intuito de dar a conhecer o que se faz de inovador, no País e no estrangeiro, no sector Agrícola. Para mais informações: https://inovacao.rederural.gov.pt/9-destaque-inov/17-interdum-justo

Forest innovation workshop 2018
  26 Abr

“Informar- Priorizar-Colaborar: Cooperação das Regiões sobre Inovação na Gestão Florestal, Uso de Madeira e Serviços Relacionados com Florestas”. Iniciada em 2014 como uma iniciativa conjunta de organizações europeias relevantes interessadas em manter o setor florestal vital e inovador, a 3ª edição do Workshop Europeu dedicado à inovação florestal terá lugar no dia 26 de abril de 2018, em Bruxelas. O workshop é organizado pela EFI, CEPF, Copa Cogeca, Rede ERIAFF, ERRIN, Euromontana e EUSTAFOR. Os principais objetivos da 3ª edição são: 1. Apresentar iniciativas inovadoras relevantes de toda a Europa, com especial atenção aos Grupos Operacionais da EIP AGRI; 2. Conectar especialistas e profissionais para melhorar ainda mais os projetos existentes e fornecer inspiração; 3. Incentivar mais investimentos públicos e privados em projetos inovadores dedicados à economia florestal. Programa em anexo. Mais informações: Harald Mauser (harald.mauser@efi.int) Fonte: https://www.efi.int/events/forest-innovation-workshop-2018-2018-04-26

IDERCEXA (Investigação e Desenvolvimento em Energias Renováveis, para a melhoria do tecido empresarial no Centro, Extremadura e Alentejo)

O projeto IDERCEXA é financiado pelo programa de cooperação INTERRREG V-A Espanha-Portugal (POCTEP) 2014-2020. Este envolve 17 parceiros portugueses e espanhóis, onde está incluída a Universidade de Évora como parceira, sob coordenação da Agência Extremeña de la Energía (AGENEX). O objetivo geral do projeto é, com a colaboração dos centros de investigação, desenvolver novos produtos/serviços de setores empresariais como o metalomecânico ou o eletrotécnico com base em tecnologias energéticas inovadoras, na região EUROACE. É esperado assim, conseguir criar um elo entre os centros de investigação e as empresas da região EUROACE que apoie a inovação e permita desenvolver, desenhar e fabricar novos produtos/serviços baseados em tecnologias energéticas inovadoras; bem como identificar, quantificar e valorizar as capacidades e I+D+i em tecnologias energéticas existentes nos centros de investigação; e aumentar o número de empresas que cooperam com os centros de investigação. Os temas abordados no projeto são: Solar-Metal (térmico), Bioeconomia e Edificação sustentável. Como exemplo de Solar-metal, temos o possível aproveitamento de energia solar no apoio às agro-indústrias. A Bioeconomia envolve o aproveitamento eficiente de resíduos, sejam eles sólidos ou líquidos. A Edificação sustentável requer, por exemplo, a melhoria dos consumos de energia em grandes edifícios e a mobilidade a redução das emissões de CO2 através da criação de meios de transporte elétricos ou de mais ciclovias, por exemplo. Resumidamente, o trabalho consiste, pela seguinte ordem, em: identificar empresas/agro-indústrias de elevado consumo energético; selecionar algumas dessas empresas/agro-indústrias; instalar os protótipos experimentais desenvolvidos pelas empresas envolvidas no projeto; avaliar o desempenho/eficiência dos protótipos instalados. Este projeto permitirá confirmar a importância da inovação e do papel que esta pode ter no uso energético sustentável. Um dos mais importantes pontos a realçar será a diminuição da atual dependência da energia que provém de combustíveis fósseis, através da utilização de outras fontes de energia renováveis, como é o caso da energia solar.

Programa de Bolsas Ibero-Americanas Santander Universidades

Com o objectivo de estreitar as relações académicas entre Portugal e a América Latina, promovendo a excelência e a construção de um espaço Ibero-Americano de educação superior, através do incentivo da mobilidade dos estudantes universitários, o Instituto Superior de Agronomia juntamente com o Banco Santander Totta apresentam esta acção, dirigida a alunos, intitulada "Bolsas Ibero-Americanas para Estudantes de Licenciatura e Mestrado". Candidaturas Informa-se que se encontram abertas as candidaturas às Bolsas Ibero-Americanas para estudantes matriculados e a frequentar estudos de Licenciatura ou Mestrado, tendo obtido pelo menos metade dos créditos ou superado os dois primeiros anos de seus estudos. O período de candidaturas para mobilidades durante o Ano Letivo 2018/2019 decorrerá de 19 de março a 6 de abril de 2018. Deverá proceder à inscrição online, através do preenchimento do formulário correspondente, disponível em www.bolsas-santander.com Posteriormente à inscrição online, deverá nos indicar, por e-mail, por ordem de preferência, três Universidade onde pretende realizar a mobilidade. Ressalvamos que: 1) A realização da mobilidade está dependente da existência prévia de Protocolo entre as Universidades; 2) A aceitação da candidatura está sujeita a validação face aos deadlines das Universidades de Acolhimento. Para mais informações, por favor consulte: http://www.isa.ulisboa.pt/gpre/servicos/mobilidade-internacional/mobilidade-outgoing/bolsas-luso-brasileiras-ibero-americanas

Start & Scale Week 2018
  05 Mai

A Semana Start & Scale está de volta! Conferências, reuniões, masterclasses, um hackathon, atividades de rua e muito, muito mais. Celebraremos a inovação, o empreendedorismo e a tecnologia na cidade do Porto e todos estão convidados a participar. Queremos que esta semana seja uma experiência completa para todos e, por isso, mais atividades estão a ser preparadas e serão anunciadas. Entretanto, reservem a data na vossa agenda e conheçam algumas das atividades da semana. Para inscrição e mais informações clique aqui: http://scaleupporto.pt/start-scale-2018/#1520005136975-f14b65df-7442

Seminário: Texas Savannas: A tapestry of grass, wood and people
  19 Mar

O próximo seminário CEF/CEABN: Ecologia, Florestas e Conservação decorrerá na próxima segunda-feira, dia 19 de Março, entre as 12h30m e as 13h30m, no Auditório Florestal do Instituto Superior de Agronomia, com o título: Texas Savannas: A tapestry of grass, wood and people, por Kathleen Kavanagh. Abstract: The balance between grasses and woody plants is regulated by complex interactions among climate, atmosphere, soils, herbivory, and fire. Controversies regarding the importance of these factors will be resolved only through the creative integration of small- and large-scale experiments and long-term monitoring. The woody-herbaceous balance has tipped in favor of shrubs and trees with savannas transitioning to shrublands and eventually woodlands. Causes for these ongoing transformations are unclear, but what is clear is that there are important-if poorly understood-consequences for ecosystem processes, biodiversity, and the sustainability of savannas. To address these issues we are launching a Savanna Long Term Research and Education Initiative (SLTREI). Initially, our research is focused on the 100yr old Sonora Research Station and nearby research facilities in Central Texas, USA. Texas has approximately 19million ha of land that can be classified as in transition from savannas to scrublands, and woodlands with analogs to many of the worlds tropical and temperate savanna ecosystems undergoing similar transitions. My talk will highlight some of the fundamental hypotheses being considered along with methodology, and long term monitoring we are initiating. The goal is to leverage similar experimental protocols across the global extent of savanna ecosystems to better comprehend the complex tapestry grasses, wood, and people. Fonte: CEF/CEABN

Forest innovation workshop 2018

Inform-Prioritize-Collaborate: Cooperation of Regions on Innovation in Forest Management, Use of Wood and Forest-related Services Started in 2014 as a joint initiative of relevant European organizations interested in keeping vital and innovative the forest-based sector, the 3rd edition of the European Workshop devoted to Forest innovation will take place on 26 April 2018 in Brussels, kindly hosted by the Representation of the Free State of Bavaria to the European Union (Rue Wiertz 77, 1000 Brussels). https://www.efi.int/events/forest-innovation-workshop-2018-2018-04-26

Apresentado o Plano de Intervenção nas Matas Públicas e Perímetros Florestais

O Plano de Intervenção nas Matas Públicas e Perímetros Florestais foi hoje apresentado pelo ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos. As intervenções (algumas já a decorrer desde dezembro) vão decorrer sobretudo em zonas de ação prioritária, com maior risco de incêndio, dentro das áreas sob gestão do Instituto de Conservação da Natureza e Floresta (ICNF). As zonas prioritárias são zonas que não arderam ainda (e não as zonas que arderam no ano passado). Localizam-se sobretudo no Norte e Centro do país e estão distribuídas por 189 concelhos, representando um total de 1.049 freguesias e de 6.400 aldeias. Nestas zonas prioritárias “não ficará uma casa por limpar, não ficará uma aldeia que confinar com património gerido pelo ICNF que não seja limpa.”, comunicou o ministro. “Em todas as outras áreas iremos tão longe quanto possível, quanto o esforço, o tempo e os recursos materiais nos permitirem”, acrescentou. As principais medidas de proteção incidirão na proteção das pessoas, aldeias e casas habitadas junto às zonas do ICNF. Está prevista a limpeza de 3.001 hectares de áreas agrícolas, jardins e outros terrenos de floresta e mato junto a edifícios, tendo já sido executada a limpeza em 1.401 hectares. O governo pretende ainda construir 837 quilómetros de novas faixas de interrupção de combustíveis e fazer a manutenção de 279 quilómetros já existentes. Está ainda incluída nas iniciativas de proteção a construção de caminhos florestais, de áreas geridas com pastoreio e avisos para áreas de fogo controlado e prioritárias para queimadas. Ao todo, as intervenções têm um custo estimado de 14 milhões de euros. Os trabalhos nas zonas consideradas prioritárias devem estar concluídos até 31 de maio. O ministro sublinhou ainda que a responsabilidade pela limpeza de terrenos recai tanto sobre privados como sobre as autarquias, e que a partir de dia 15 de março poder-se-ão aplicar multas e coimas a quem estiver em incumprimento. “O esforço de todos deve ir até ao final de maio, até ao início do verão, que é a zona de maior risco de incêndio. Todos temos de estar mobilizados depois de 15 de março, inclusivamente os proprietários”, explicou. Fonte: http://observador.pt/2018/03/09/limpeza-das-florestas-do-estado-custa-14-milhoes-diz-ministro-da-agricultura/ Fonte da imagem: http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/limpeza/limpar-florestas-do-estado-custa-14-milhoes

Africa Innovation Summit 2018

Em junho, a segunda Cimeira de Inovação em África (AIS) reunirá cerca de 1.000 inovadores, empresários e líderes políticos, bem como académicos, pesquisadores e investidores que são "thinkers and doers" para se juntarem durante três dias em Kigali, Ruanda, a terra das mil colinas, para refletir sobre como os Africanos podem inovar para enfrentar os desafios urgentes do continente, tais como os problemas de água, energia, segurança alimentar, saúde, governança e pobreza. Este é um evento de três dias de conversas inspiradoras, diálogos, exploração prática e análise orientada para o futuro, visando mobilizar e inspirar as partes interessadas a realizar ações coletivas para promover a inovação e a construção de ecossistemas de inovação robustos em África capazes de proporcionar um ambiente favorável para finalmente abordar os desafios permanentes do continente. O AIS é um evento emocionante e dinâmico focado em "como promover a inovação em África". O AIS promove a "síntese" e não é simplesmente uma plataforma orientada para a tecnologia. O AIS incluirá uma exposição de cerca de 50 Start-ups e PMEs para mostrar inovações "Made in Africa" e para enfrentar os desafios do continente. Para mais informações: www.AfricaInnovationSummit.com

FRUTITEC / HORTITEC
  09 Mar

6º Salão Profissional de Máquinas, Equipamentos, Produtos e Tecnologia para Fruticultura e Horticultura A feira deste ano trará novas oportunidades de negócio, uma vez que queremos contar com algumas novidades ao nível dos equipamentos e serviços deste sector. Em simultâneo com esta feira e com a EXPOJARDIM (19ª Feira de plantas, flores, mobiliário urbano e de jardim, piscinas e acessórios, equipamentos, máquinas e acessórios para jardinagem), e aproveitando as sinergias entre o público-alvo de ambos os eventos e as empresas expositoras, irão decorrer palestras e seminários paralelos, que darão aos agricultores, fruticultores e horticultores a oportunidade de se atualizarem e conhecerem outras propostas e /ou ideias para fomentar a produção. Saiba mais em: http://exposalao.pt/displayFair/frutitec-hortitec/presentation