Recentes ·

Pos grad direito agrario
Curso de Formação Avançada em “Direito Agrário e Sustentabilidade”

03/12 às 23:21

A Faculdade de Direito, em colaboração com o Colégio Food, Farming and Forestry (F3) da Universidade de Lisboa, organizam, com uma matriz inovadora, um curso de Formação Avançada em “Direito Agrário e Sustentabilidade”. Num país tradicionalmente agrícola que redescobre, neste momento, a mais-valia do sector agrário para o crescimento sustentável da economia, a Formação Avançada em Direito Agrário e Sustentabilidade tem por objetivo principal colmatar a lacuna observada de ausência, no plano nacional, de uma formação especializada na matéria, dirigindo-se tanto a juristas como a outros profissionais que trabalhem ou se interessem pela área, tais como engenheiros agrónomos, funcionários da Administração Pública, membros de associações agrícolas e empresários da indústria agroalimentar. Assim, a sua lecionação contará assim não apenas com docentes da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, mas com um conjunto transversal de docentes da academia e do setor privado que ajudarão a uma melhor e mais aprofundada compreensão multidisciplinar dos problemas e desafios jurídicos, económicos, ambientais e industriais que o desenvolvimento da atividade agrícola acarreta, desde o arrendamento, ao Direito fiscal, passando pela agricultura biológica ou o licenciamento industrial e ambiental. Os diálogos entre as ciências jurídico-sociais e naturais são, portanto, fomentados ao longo das várias sessões de formação. Inscrições até 27 de dezembro de 2016 (para obter instruções sobre a inscrição, enviar e-mail para gcj@fd.ulisboa.pt). Mais informações: http://www.fd.ulisboa.pt/events/formacao-avancada-em-direito-agrario-e-sustentabilidade/

B6evuhlbns630wfmnzzc
  23 Fev
Sankalp Africa Summit 2017

02/12 às 12:20

Join Intellecap and our partners at the 4th edition of Sankalp Africa Summit for interactive and engaging high-level discourse aimed at spurring Africa's entrepreneurship economy. Premised on the insight that sustainable entrepreneurship can catalyze inclusive development, Sankalp Forum will bring together over 1000 global delegates including entrepreneurs, investors, corporations, governments and funders with the purpose of facilitating connections, collective learning and a collaborative approach to building entrepreneurial ecosystems. Please join us at the Sankalp Africa Summit (SAS'17) on the 23rd and 24th of February 2017 More information: http://africa2017.sankalpforum.com/

 getimage
Lançamento da iniciativa "Start-up and Scale-up"

29/11 às 10:13

No passado dia 22 de novembro, a Comissão Europeia lançou a iniciativa “Start-up and Scale-up” que visa facultar aos empresários inovadores da Europa todas as oportunidades de se tornarem empresas de craveira mundial. O conjunto de ações novas agora proposto, e as já existentes, procura responder aos três principais obstáculos ao arranque e à expansão das empresas na Europa, identificados numa consulta pública recente: i) Melhorar o acesso ao financiamento – A Comissão Europeia e o Grupo do Banco Europeu de Investimento (BEI) vão lançar um fundo de fundos de capitais de risco pan-europeu. A UE disponibilizará investimentos de base até ao montante máximo de 400 milhões de euros, valor que deverá triplicar com a ajuda de fontes privadas, atingindo um mínimo de 1,6 mil milhões de euros em fundos de capital de risco; ii) Segunda oportunidade para os empresários - A Comissão apresentou uma proposta legislativa em matéria de insolvência, que permitirá que as empresas em dificuldades financeiras se reestruturem numa fase precoce, evitando a falência e os despedimentos. Irá igualmente contribuir para que os empresários honestos beneficiem mais facilmente de uma segunda oportunidade sem ser penalizados por não terem tido êxito em anteriores projetos empresariais; iii) Declarações fiscais mais simples - A Comissão está a trabalhar sobre uma série de simplificações fiscais, incluindo a recente proposta relativa a uma matéria coletável comum consolidada do imposto sobre as sociedades (MCCCIS), que visa apoiar as pequenas empresas inovadoras que pretendem expandir a sua atividade para além das fronteiras nacionais. Outras iniciativas incluem planos para uma simplificação do sistema de IVA na UE e a ampliação das próximas orientações sobre melhores práticas em matéria de regimes fiscais aplicáveis ao capital de risco nos Estados-Membros. A iniciativa “Start-up and Scale-up” também destaca a ajuda para navegar por entre os requisitos regulamentares, o apoio melhorado à inovação através de reformas ao programa Horizonte 2020 e a promoção de ecossistemas onde as empresas em fase de arranque podem estabelecer contactos com parceiros potenciais, tais como investidores, parceiros comerciais, universidades e centros de investigação. Para mais informação sobre esta iniciativa consulte o site da DG GROWTH. Fonte: Newsletter da Enterprise Europe Network em Portugal

Ver mais

Destaque ·

1469701080uvas
Jovem agricultor mais inovador da Europa é português

28/07 às 20:15

http://boasnoticias.pt/noticias_Jovem-agricultor-mais-inovador-da-Europa-%C3%A9-portugu%C3%AAs_24715.html

Akis %281%29
Ministério nomeia representante nacional para Grupo Estratégico Europeu SCAR - AKIS

29/06 às 19:30

LUÍS MIRA DA SILVA, Professor do Instituto Superior de Agronomia / Universidade de Lisboa e Presidente da INOVISA, foi recentemente nomeado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior como Representante Nacional no subgrupo estratégico Agricultural Knowledge and Innovation Systems (AKIS) do Standing Committee on Agricultural Research (SCAR) da Comissão Europeia. Com 37 países envolvidos, o SCAR é composto por representantes de Ministérios, ou de outras estruturas como Conselhos de Investigação, de todos os Estados-Membros da União Europeia, assim como de países candidatos e associados. Este Comité tem como objetivo orientar os programas europeus de apoio à investigação e à inovação no sector agrícola europeu, assumindo também um papel orientador a nível nacional. A estrutura operacional do SCAR baseia-se em grupos temáticos, sendo o SCAR-AKIS um subgrupo estratégico, de atuação permanente, com enfoque em recomendações para políticas de apoio ao conhecimento e à inovação dos sistemas agrícolas. Mais informação em: http://ec.europa.eu/research/scar/index.cfm #SCARAKIS

Luis mira da silva 300x300
SER EMPREENDEDOR NA FRUTICULTURA: Desafios e oportunidades em Portugal

15/03 às 18:52

Com uma elevada probabilidade de acertar, posso afirmar que nos próximos anos vão ser criadas muitas oportunidades no setor da fruticultura em Portugal. De facto, as oportunidades tendem a aparecer quando o contexto que nos rodeia muda, criando problemas, que por sua vez vão dar origem a oportunidades. Aliás, é costume dizer-se que quanto maior forem os problemas, maior serão as oportunidades! Como não vão faltar problemas nos próximos anos, também não vão faltar oportunidades. Mas em concreto o que vai mudar, afetando o setor da fruta? Em primeiro lugar, a demografia. Além do aumento da população mundial, acompanhado por uma urbanização crescente e pelo aumento do nível médio de vida, há alterações que vão afetar de forma particular o setor da fruta, como o envelhecimento da população na Europa. Note-se que a maior parte destas alterações demográficas (umas mais regionais que outras) podem ser estimadas com alguma fiabilidade, por isso vale a pena analisar como podem ser geradas oportunidades a partir daqui. Leia todo o artigo em: http://centrofrutologiacompal.pt/2016/03/14/ser-empreendedor-na-fruticultura-desafios-e-oportunidades-em-portugal/

Ver mais

Eventos ·

Top 10 Utilizadores · Ranking