Recentes ·

Foto plataforma skan 100
  17 Mar
Congresso de Horticultura na Guiné-Bissau

12/01 às 10:27

O Congresso de Horticultura na Guiné-Bissau "O futuro nas nossas mãos" decorrerá em Bissau, organizado no âmbito do projeto "Kópóti pa cudji nô futuro" implementado pela ONG VIDA, em parceria com a Direção Geral de Agricultura, Instituto Nacional de Pesquisa Agrária, Direção Regional de Agricultura de Cacheu e Escola Superior Agrária de Ponte de Lima, com o financiamento da União Europeia e do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua. O Congresso de Horticultura da Guiné-Bissau pretende afirmar-se como evento técnico-científico de referência nacional e internacional, nomeadamente em países vizinhos, para o intercâmbio de experiência das melhores práticas em produção hortícola, mercados, investigação e sustentabilidade ambiental. Abertas as apresentações de resumos para comunicação em poster. Mais informação aqui: http://bit.ly/2AjIuNy

Novo lg anpromis
  07 Fev
9º Colóquio Nacional do Milho 2018

10/01 às 15:10

A ANPROMIS organiza o seu 9º Colóquio Nacional do Milho, no dia 07 de Fevereiro de 2018, no Hotel Axis Vermar, na Póvoa do Varzim. Consulte aqui o Programa do Colóquio e a respectiva Ficha de Inscrição: http://www.anpromis.pt/2-uncategorised/129-9-coloquio-nacional-do-milho-2018.html

Logo prima orizzontale
Parceria para a Investigação e Inovação na Região Mediterrânica (PRIMA)

08/01 às 14:46

A PRIMA centra-se nas temáticas dos sistemas alimentares e dos recursos hídricos, sendo garantida, porém, flexibilidade da parte dos países envolvidos. Os pilares temáticos e respetivos objetivos são: 1. Gestão sustentável da água em áreas áridas e semiáridas do Mediterrâneo Testar e estimular a adoção de soluções hídricas adequadas ao contexto; Melhorar a sustentabilidade da terra e água nas bacias semiáridas mediterrânicas; Elaborar e estimular a adoção de novas políticas e protolocos para a governação de sistemas de gestão hídricos. 2. Sistemas agrícolas sustentáveis Desenvolver sistemas de lavoura inteligentes e sustentáveis de modo a manter recursos naturais e aumentar a eficiência na produção; Desenhar e promover a adoção de novas abordagens para a redução do impacto de pestes e patogéneses na agricultura. 3. Cadeia de valor alimentar no desenvolvimento regional e local mediterrânico Inovar no plano dos produtos alimentares baseados na dieta mediterrânicas, estimulando a ligação entre nutrição e saúde; Encontrar soluções para aumentar a eficiência na cadeia alimentar e hídrica, reduzindo perdas e resíduos; Conceber e implementar modelos inovadores e de qualidade no agro-negócio como fonte de emprego e crescimento económico. DESTAQUE: O pré-anúncio dos primeiros concursos para projetos está previsto para 15 de janeiro de 2018. O anúncio ou abertura dos concursos está previsto para 15 de fevereiro de 2018. Para mais informações: https://www.fct.pt/apoios/cooptrans/artigo185/prima.phtml.pt

Ver mais

Destaque ·

1469701080uvas
Jovem agricultor mais inovador da Europa é português

28/07 às 20:15

http://boasnoticias.pt/noticias_Jovem-agricultor-mais-inovador-da-Europa-%C3%A9-portugu%C3%AAs_24715.html

Luis mira da silva 300x300
SER EMPREENDEDOR NA FRUTICULTURA: Desafios e oportunidades em Portugal

15/03 às 18:52

Com uma elevada probabilidade de acertar, posso afirmar que nos próximos anos vão ser criadas muitas oportunidades no setor da fruticultura em Portugal. De facto, as oportunidades tendem a aparecer quando o contexto que nos rodeia muda, criando problemas, que por sua vez vão dar origem a oportunidades. Aliás, é costume dizer-se que quanto maior forem os problemas, maior serão as oportunidades! Como não vão faltar problemas nos próximos anos, também não vão faltar oportunidades. Mas em concreto o que vai mudar, afetando o setor da fruta? Em primeiro lugar, a demografia. Além do aumento da população mundial, acompanhado por uma urbanização crescente e pelo aumento do nível médio de vida, há alterações que vão afetar de forma particular o setor da fruta, como o envelhecimento da população na Europa. Note-se que a maior parte destas alterações demográficas (umas mais regionais que outras) podem ser estimadas com alguma fiabilidade, por isso vale a pena analisar como podem ser geradas oportunidades a partir daqui. Leia todo o artigo em: http://centrofrutologiacompal.pt/2016/03/14/ser-empreendedor-na-fruticultura-desafios-e-oportunidades-em-portugal/

Akis %281%29
Ministério nomeia representante nacional para Grupo Estratégico Europeu SCAR - AKIS

29/06 às 19:30

LUÍS MIRA DA SILVA, Professor do Instituto Superior de Agronomia / Universidade de Lisboa e Presidente da INOVISA, foi recentemente nomeado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior como Representante Nacional no subgrupo estratégico Agricultural Knowledge and Innovation Systems (AKIS) do Standing Committee on Agricultural Research (SCAR) da Comissão Europeia. Com 37 países envolvidos, o SCAR é composto por representantes de Ministérios, ou de outras estruturas como Conselhos de Investigação, de todos os Estados-Membros da União Europeia, assim como de países candidatos e associados. Este Comité tem como objetivo orientar os programas europeus de apoio à investigação e à inovação no sector agrícola europeu, assumindo também um papel orientador a nível nacional. A estrutura operacional do SCAR baseia-se em grupos temáticos, sendo o SCAR-AKIS um subgrupo estratégico, de atuação permanente, com enfoque em recomendações para políticas de apoio ao conhecimento e à inovação dos sistemas agrícolas. Mais informação em: http://ec.europa.eu/research/scar/index.cfm #SCARAKIS

Ver mais

Eventos ·

Top 10 Utilizadores · Ranking